Inovação Produtiva das PME

Ficha de Projeto

Projeto n.º 17463
Apoio no âmbito do Sistema de Incentivos à SI Inovação Produtiva
Designação do projeto: Transformação do processo global de produção orientado para a sustentabilidade empresarial
Código do projeto: POCI-02-0853-FEDER-017463
Objetivo principal: Reforçar a competitividade das PME
Região de intervenção: Norte
Entidade beneficiária: DOMINGOS DE SOUSA & FILHOS, S.A.

Data de aprovação: 2016-09-14
Data de início: 2016-03-01
Data de conclusão: 2017-07-31
Custo total elegível: 4.192.701,00 EUR
Apoio financeiro da União Europeia: FEDER 2.515.620,60 EUR

Síntese do projeto:

O presente projeto permite dotar a DS&F de novas tecnologias de produção naquilo que representa uma alteração global no processo de produção respondendo a dois desafios fundamentais:

diversificar a capacidade produtiva para responder às necessidades produtivas atuais e futuras, melhorando o processo produtivo e dotar a empresa de maior competitividade por via da redução dos consumos e capacidade de inovação no processo;

 permitir o desenvolvimento de novos produtos por via da tecnologia de produção em todas as áreas produtivas da empresa, onde passará a ser possível trabalhar algodão orgânico (uma das apostas da empresa) assim como fazer o tingimento de fio com composição de poliéster, ou produzir fio de Ne 6 e fio fancy/borboto.

O plano de investimentos deste projeto está intimamente ligado com aquilo que tem sido a evolução da empresa nos últimos anos e a expectativa de crescimento no mercado fruto do contacto com os clientes e, com os objetivos estratégicos traçados:

OE1 – Modernização e adaptação de novos processos produtivos com vista a garantir melhores índices de produtividade, competitividade e eficiência energética;

OE2 – Criação de novos produtos, baseado na colaboração com entidades de I&D e pela presença de capacidade técnica associada a novas tecnologias de produção;

OE3 – Aposta nos mercados internacionais de bens transacionáveis, comunitário e extracomunitário, de forma a diversificar a atual carteira de clientes.

Com o investimento nestas novas e inovadoras tecnologias de fiação, tecelagem, tinturaria e confeção, a Domingos de Sousa passou a possuir vantagens competitivas ao nível de novos produtos e processos mais curtos, mais económicos, ambientalmente mais favoráveis e socialmente melhor aceites.

Em termos de resultados alcançados, os investimentos produtivos em causa foram fundamentais para alavancar os OE1 e OE2, contribuindo também para o OE3. De resto, todos os investimentos do projeto concorrem de forma direta para a prossecução da aposta nos mercados internacionais.

Estes investimentos nas áreas produtivas e de apoio à produção traduziram-se na capacitação empresarial da DS e no aumento da sua competitividade, pela:

Atualização e modernização de todos os processos produtivos chave na empresa, desde a fiação, tinturaria, tecelagem e confeção;

Aumento da capacidade tecnológica para produção e desenvolvimento de novos produtos;

Melhoria do desempenho de parâmetros relacionados com a eficiência energética e ambiental.

CINCO DÉCADAS DE EXPERIÊNCIA NA INDÚSTRIA TÊXTIL